Thursday, October 26, 2006

Desalinhos...



Disfarço os traços pelo chão
Desfio as flores, linhos
As linhas das minhas mãos
enganaram-se os que leram
upgrade, nova versão
os outonos já passaram
entre invernos que não vieram
fashion verão
Verão os que não temem
o som dos fantasmas de giz,
que dançam céus de estrelas no chão
o escuro que sobe,a erva acesa no porão
nenhuma fórmula tem a cura,
nem a cura precisão,
procura-se nova poção
o escuro bate a porta
a erva acesa no porão
men protect the sunglasses
os invernos não vieram
Verão...

Tonho França

2 comments:

Leonor Cordeiro said...

Que espaço lindo !!!
Parabéns poeta !!!
Que passem os outonos ...
Com carinho,
Leonor Cordeiro

Adm.SPP said...

Meu querido amigo, fiquei muito feliz em te conhecer pessoalmente em Bento Gonçalves, no XIV Congresso Brasileiro de Poesia. Na verdade fiquei emocionada, porque o admiro demais. Viajo em seus poemas, são do tipo que ler uma vez só não satisfaz. Acho que viciam... rs
Parabéns pelo blog, está muito bonito. Visitarei mais vezes.
Abraços.
Chris